WhatsApp do Vestiprovas
Compartilhar

Responder Questão:

São Paulo UNICAMP 1999.2 Questão: 72 Literatura Teoria Literária Geral 

I. Agosto 1964
1. Entre lojas de flores e de sapatos, bares,
2. mercados, butiques,
3. viajo
4. num ônibus Estrada de Ferro – Leblon.
5. Volto do trabalho, a noite em meio,
6. fatigado de mentiras.
7. O ônibus sacoleja. Adeus, Rimbaud,
8. relógio de lilases, concretismo,
9. neoconcretismo, ficções da juventude, adeus,
10. que a vida
11. eu a compro à vista aos donos do mundo.
12. Ao peso dos impostos, o verso sufoca,
13. a poesia agora responde a inquérito policial-militar.
14. Digo adeus à ilusão
15. mas não ao mundo. Mas não à vida,
16. meu reduto e meu reino.
17. Do salário injusto,
18. da punição injusta,
19. da humilhação, da tortura,
20. do terror,
21. retiramos algo e com ele construímos um artefato
22. um poema
23. uma bandeira
(Ferreira Gullar)

II. Data e Dedicatória
1. Teus poemas, não os date nunca... Um poema
2. Não pertence ao Tempo ... Em seu país estranho
3. Se existe hora, é sempre a hora extrema
4. Quando o anjo Azrael nos estende ao sedento
5. Lábio o cálice inextinguível...
6. Um poema é de sempre, Poeta:
7. O que tu fazes hoje é o mesmo poema
8. Que fizeste em menino,
9. É o mesmo que,
10. Depois que tu te fores,
11. Alguém lerá baixinho e comovidamente,
12. A vivê-lo de novo...
13. A esse alguém,
14. Que talvez nem tenha ainda nascido,
15. Dedica, pois, teus poemas.
16. Não os dates, porém:
17. As almas não entendem disso...
(Mário Quintana)

Comparando os poemas I e II, constatamos, de imediato, concepções opostas sobre a natureza da poesia.
a) Qual é a oposição fundamental entre esses dois poemas? Cite um trecho de cada poema em que essa contraposição se verifique de maneira explícita.
b) Há, no poema de Ferreira Gullar, claras alusões a um momento particular da história brasileira. Que fato histórico se deu naquele momento? Cite ao menos dois trechos que caracterizem esse momento.
c) A razão fundamental para não datar os poemas, segundo Mário Quintana, é que “As almas não entendem disso”. No contexto do poema, interprete esse verso.



TEMPO NA QUESTÃO

Relógio00:00:00

Gráfico de barras Meu Desempenho

Literatura Teoria Literária

Total de Questões: ?

Respondidas: ? (0,00%)

Certas: ? (0,00%)

Erradas: ? (0,00%)

Somente usuários cadastrados!

Postar dúvida ou solução ...