WhatsApp do Vestiprovas
Compartilhar

Responder Questão:

Rio Grande do Sul Puc-RS 2012.1 Questão: 39 Literatura Teoria Literária 

 

 

 

INSTRUÇÃO: Responder à questão 39 com base no excerto do romance Angústia, de Graciliano Ramos, preenchendo os parênteses com V (verdadeiro) ou F (falso). 

Há criaturas que não suporto. Os vagabundos, por exemplo. Parece-me que eles cresceram muito, e, aproximando-se de mim, não vão gemer peditórios: vão gritar, exigir, tomar-me qualquer coisa. Certos lugares que me davam prazer tornaram- -se odiosos. Passo diante de uma livraria, olho com desgosto as vitrinas, tenho a impressão de que se acham ali pessoas, exibindo títulos e preços nos rostos, vendendo-se. É uma espécie de prostituição. (...) Vivo agitado, cheio de terrores, uma tremura nas mãos, que emagrecem. As mãos já não são minhas: são mãos de velho, fracas e inúteis. (...) Se pudesse, abandonaria tudo e recomeçaria as minhas viagens. Esta vida monótona, agarrada à banca das nove horas ao meio-dia e das duas às cinco, é estúpida. Vida de sururu. Estúpida. (...) Penso no meu cadáver, magríssimo, com os dentes arreganhados, os olhos como duas jabuticabas sem casca, os dedos pretos do cigarro cruzados no peito fundo. Os conhecidos dirão que eu era um bom tipo e conduzirão para o cemitério, num caixão barato, a minha carcaça meio bichada. Enquanto pegarem e soltarem as alças, revezando-se no mister piedoso e cacete de carregar defunto pobre, procurarão saber quem será o meu substituto na Diretoria da Fazenda. 

Considerando o excerto e seu contexto, afirma-se: 

( ) O narrador pode ser caracterizado como um sujeito revoltado e solitário, que não suporta o meio social no qual está inserido. 

( ) Ao se aproximar de uma livraria, a voz narrativa propõe uma analogia, comparando a venda de livros à prostituição. 

( ) O narrador imagina-se como morto no contexto de seu próprio e deplorável funeral, no qual o único interesse será a nomeação de alguém para substituí-lo na repartição pública. 

( ) Diferentemente de Angústia, o romance São Bernardo, também de Graciliano Ramos, centraliza- se na felicidade do narrador, que faz um balanço da sua vida sob o prisma do otimismo e da redenção. 

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

 

 

 



TEMPO NA QUESTÃO

Relógio00:00:00

Gráfico de barras Meu Desempenho

Literatura Teoria Literária

Total de Questões: ?

Respondidas: ? (0,00%)

Certas: ? (0,00%)

Erradas: ? (0,00%)

Somente usuários cadastrados!

Postar dúvida ou solução ...