WhatsApp do Vestiprovas
Compartilhar

Responder Questão:

Paraná Puc-PR 2012.2 Questão: 11 Literatura Teoria Literária 

 

 

 

Observe as afirmativas abaixo, a respeito do título Romanceiro da Inconfidência, do livro de Cecília Meireles e do que isso pode significar quanto à questão do gênero literário a que a obra se filia:

I. Com um total de 96 composições poéticas, divididas em uma serenata, um retrato, quatro cenários, cinco falas e oitenta e cinco romances, o título do livro, remotamente, está relacionado ao próprio conceito de romance, em sua versão ancestral. Aguiar e Silva afirma que “Essas composições eram primitivamente em verso — o romance em prosa é um pouco mais tardio —, próprias para serem recitadas e lidas, e apresentam muitas vezes um enredo fabuloso e complicado”.(AGUIAR E SILVA, Victor Manuel de, Teoria Literária, Porto, Almedina, 1990). Assim, o trabalho de Cecília Meireles alia narrativa e poesia.

II. O teórico Aguiar e Silva ressalta que, na Idade Média, o vocábulo romance antes designava a língua vulgar, a língua românica. Isso explica o uso, pela autora, de termos arcaicos, datados da Idade Média, sendo que a ação se desenrola também nesse tempo. Lembremos que o romantismo, corrente literária de que Cecília Meireles é representante, revaloriza a ambientação medieval e toma os valores estéticos desse período como modelo.

III. Retratando um levante popular que propunha a independência nacional no século XVIII, o Romanceiro da Inconfidência explora em textos poéticos, episódios extraídos da história colonial retratando um período em que o poder político era centralizador e oligárquico. Romanceiro designa uma obra lírica e épica, de narrativas breves, não linear, dotada de um misto de elementos históricos e fictícios.

IV. O que caracteriza a escrita de romanceiros é a junção, numa mesma ação, de variados romances. Girando em torno dos acontecimentos históricos do período da conjuração mineira, num contexto de insurreição contra a tirania da corte, o livro de Cecília Meireles é dividido em 12 partes correspondentes a 12 histórias de amor ambientadas no período retratado, e que envolvem os insurgentes (que serão, ao fim, assassinados). A escrita dos textos remete ao estilo árcade, corrente no século XVIII, tempo em que transcorre a ação.

Está(ão) CORRETA(S):

 

 

 



TEMPO NA QUESTÃO

Relógio00:00:00

Gráfico de barras Meu Desempenho

Literatura Teoria Literária

Total de Questões: ?

Respondidas: ? (0,00%)

Certas: ? (0,00%)

Erradas: ? (0,00%)

Somente usuários cadastrados!

Postar dúvida ou solução ...