WhatsApp do Vestiprovas
Compartilhar

Responder Questão:

São Paulo Etec-SP 2011.2 1ª Fase Questão: 5 Geografia Economia Outros 

Na Antiguidade, os primeiros calendários foram inventados para que os homens pudessem se planejar em relação às estações. Como uma das primeiras civilizações, a egípcia precisou de uma forma para regular e planejar suas atividades, principalmente as agrícolas, por isso os egípcios se orientavam pelas inundações periódicas do rio Nilo, que fertilizavam as terras baixas e marcavam o começo de um novo ano agrícola. Por conhecerem a duração aproximada do ano, estabeleceram um calendário com doze meses de trinta dias cada um e, no final, havia cinco dias adicionais, dedicados a festas, perfazendo 365 dias.

Ora, como, na realidade, o ano tem a duração de 365 dias e quase de dia, à medida que os anos passavam, o calendário egípcio se adiantava em relação aos fenômenos que ocorriam ao longo das estações, acumulando uma defasagem de quase seis horas a cada ano.


Esse calendário, devido à sua duração fixa de 365 dias, não servia para estabelecer as datas do início das estações, e os egípcios sabiam disso. Mesmo assim não foi abandonado, talvez por motivos de ordem religiosa.

Então, para fazer o controle das estações, os egípcios recorriam a um fenômeno ligado à estrela Sírius, a qual podia ser observada facilmente em virtude de seu grande brilho. As cheias do Nilo ocorriam pouco depois do dia em que a estrela Sírius nascia a leste um pouco antes do Sol (nascimento helíaco).

(http://www.dfq.pucminas.br/spin/spin_ano1%20n2/ano1n2a.htm Acesso em: 27.02.2011. Adaptado)

 

A concepção do antigo calendário egípcio evidencia que essa sociedade era, como outras da região do Crescente Fértil, uma civilização



TEMPO NA QUESTÃO

Relógio00:00:00

Gráfico de barras Meu Desempenho

Geografia Economia

Total de Questões: ?

Respondidas: ? (0,00%)

Certas: ? (0,00%)

Erradas: ? (0,00%)

Somente usuários cadastrados!

Postar dúvida ou solução ...